Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

DEVOCIONAL DIA 30 DE JANEIRO

Compartilhe:

design-sem-nome-15

DEVOCIONAL LOUVOR E ADORAÇÃO

“LIDERANÇA DO ALTO”

“Enquanto Moisés mantinha os braços erguidos, os israelitas tinham a vantagem. Quando abaixava os braços, a vantagem era dos amalequitas”
Êxodo 17:11

Amaleque posicionou seu exército, em Refidim, para lutar contra Israel. Essa foi a primeira batalha física, entre povos, em que o Senhor nos mostra a importância de um líder colocado por Ele frente a um grupo, bem como o apoio de seus liderados.
Moisés passa orientação a Josué, que escolha homens entre o povo para lutar, e que ele assumiria seu posto no alto do monte, com a vara de Deus em sua mão.
Arão e Hur, foram junto com Moisés e notaram que as mãos do líder estavam cansadas e pesadas e que, quando abaixava as mãos, o exército inimigo prevalecia. Foi aí que criaram estratégias para manter as mãos de Moisés sempre erguidas e com isso a vitória foi do povo de Israel.

Trazendo para nossa realidade, fazemos várias comparações históricas e exegéticas pertinentes para os Ministérios/Grupos de Louvor e Adoração atuais:

Refidim – “lugar de descanso”;
Moisés – “tirado”, legislador e líder do êxodo;
Amaleque – neto de Esaú, aquele que trocou sua primogenitura por um prato de lentilhas;
Amalequitas – povo andarilho que vivia de roubos e furtos, inimigo do povo de Israel;
Arão – “aquele que traz luz”;
Hur – “nobre”;
Josué – “Javé é a Salvação”.

Quantas vezes o grupo está em “Refidim”, tudo indo bem e perfeito, porém levantam-se “Amaleques”, aqueles que trocam a obra de Deus por qualquer coisa e arrebanham “amalequitas” que roubam a paz, matam sonhos e disseminam dissensões no meio do grupo.
Nesse momento Deus levanta um “Moisés” sábio, manso e com a autoridade de Deus em suas mãos e orienta o grupo.
Nossa luta não é contra carne e nem sangue, mas contra principados e potestades do mal, que tentam incitar a contenda no meio do grupo (Efésios 6:12) .
Surgem também “Arão” e “Hur” que percebem a necessidade do líder e criam estratégias, pois sabem que a obra não é de “Moisés”, mas de Deus e todos nós somos “tijolinhos” dessa construção espiritual, assim distrbuidos: alguns escondidos na terra como alicerce, outros em colunas como sustentação, fazendo parte das paredes como suporte e alguns precisam estar à vista na condução do grupo, porém todos nós somos “tijolinhos”, e cada um tem a sua importância para a construção da obra de Deus. A vitória é certa, pois temos Josué na frente da batalha: Jesus Cristo, o Senhor dos exércitos é o nosso refúgio e fortaleza, socorro sempre presente nas tribulações.

“A INTIMIDADE DO LÍDER COM DEUS, PREDIZ O DESEMPENHO DO GRUPO”

Maestro Henrique da Silva
ÁGAPE – Escola de Música

P.S. – Passe adiante essa devocional, compartilhe com seus amigos e abençoe outros irmãos, ministérios e grupos.

Se você quiser fazer parte do nosso grupo no WhatsApp, recebendo diariamente algo novo de Deus sobre LOUVOR & ADORAÇÃO, envie:
“EU QUERO” para (15) 99732-2525.

Ou visite o site:
http://www.webalfaeomega.com/devocional-dia-30-de-janeiro/

《Deus os abençoe grandemente》

palavra do dia

FALE CONOSCO

watshap: 11992017315 EMAIL: webalfaeomega@bol.com.br

VISITANTES